Regras da Iron Butt Association para Certificação

Os motociclistas que fizerem um SaddleSore ou um Bun Burner com sucesso, recebem um certificado, um patch da Iron Butt Association e um suporte de placa plástico, com o nosso logotipo "Iron Butt Association - Worlds Toughest Riders".

Essas regras apresentadas nessa página parecem excessivamente complexas. No entanto, eles foram desenvolvidos por um de nossos membros, envolvido na apuração e homologação de registros de vários eventos esportivos. Não há dúvida de que os requisitos de documentação para essas certificações são difíceis, mas quando você pendura seu certificado na parede, sabe que não homologamos “qualquer um”.

A coleta das informações e a forma como é documentado seu desafio, não deixam dúvidas que você o conquistou. Quando a viagem acabar, você terá sobrevivido não apenas a um desafio muito difícil, mas terá a documentação para respaldar suas reivindicações. Quantos pilotos podem dizer isso?

Ao ler as regras a seguir, lembre-se de que nosso objetivo é ver um desafio bem documentado. Se você não puder segui-las com exatidão, sinta-se à vontade para nos enviar sua sugestão ou dúvida. Teremos o maior prazer em analisar e, possivelmente, aceitar alterações neste formato.

Michael Kneebone
Presidente
Iron Butt Association



Regras da Iron Butt Association para Certificação


A seguir estão as regras para conquistar junto a Iron Butt Association o Certificado de Conclusão para todos os tipos de desafios propostos.

É possível completar o SaddleSore 1600K e o Bun Burner 2500k na mesma viagem (ou SS2000K e BB2500K). Por exemplo, nas primeiras 24 horas você andou 1.610 quilômetros e depois continuou no segundo dia e andou outros 900 quilômetros ou mais. 

No mesmo período é possível certificar apenas uma viagem. Por exemplo, se você fez 2000 km ou mais, dentro de 24 horas, é um fato que concluiu antes, 1609 km. Dessa forma certificamos a viagem apenas com o SaddleSore 2000k.

Você também pode completar a viagem em dois (com uma pessoa fazendo a pilotagem e a outra como passageiro por toda a distância) desde que você não compartilhe as funções de pilotagem. Nestes casos, a Iron Butt Association emite um certificado, onde figurarão o piloto e o passageiro, mas fornecemos duas cópias; uma para o piloto e outra para o passageiro.

O passageiro será registrado na IBA da mesma forma que o piloto, recebendo um número de registro e podendo usufruir dos mesmos benefícios que todos os membros da IBA. Na documentação haverá um local apropriado para que seja devidamente nomeado o passageiro.

Sobre as testemunhas de saída e chegada, aqui no Brasil elas podem ser substituídas por uma foto do cupom em frente ao odômetro da moto, de forma que saiam legíveis os dados importantes do cupom: data, hora, outras informações como nome, placa e km. Os demais cupons poderão ser escaneados, sem fotos junto ao odômetro, para diminuir a documentação a ser enviada. 




Exemplo de imagem que poderá substituir as testemunhas de saída e chegada


Existem três etapas para você obter a certificação SaddleSore ou Bun Burner.

1. Escolha uma rota segura, 

2. Colete os recibos e 

3. Copie e envie sua documentação.

Visto que a segurança é nossa principal preocupação, não é necessário pré-registro do seu desafio. Nosso objetivo é dar a você flexibilidade adicional para decidir, em qualquer dia, se a combinação de clima, sua motocicleta e, o mais importante, sua atitude, está pronta para um grande passeio.


PRIMEIRO PASSO, escolha uma rota SEGURA

 

Seu desafio precisa ser completamente documentado (etapas descritas abaixo) e cobrir uma distância mínima de "x" km em menos de "x" horas. Para evitar que esses desafios se tornem corridas, não serão publicadas quilometragens superiores a 2.500 km em menos de 24 horas.

Lembre-se que 24 horas é a hora do relógio, não o tempo para andar. Portanto, se você iniciar seu passeio às 17h do dia 1º de junho, deverá terminá-lo antes das 17h do dia 2 de junho.

O SaddleSore e o Bun Burner NÃO exigem que você corra. A maioria dos motociclistas percorrerá seus 1.610 km em cerca de 18 a 20 horas (incluindo todas as paradas). Para cada hora que você passa em uma rodovia principal, você adianta aproximadamente 20 minutos. Esse tempo "livre" em seu desafio pode ser usado para descansar. Use esse tempo com sabedoria!

Uma viagem segura deve ser seu objetivo principal. Se esta é sua primeira tentativa de desafio de 1.610 km em um dia, é altamente recomendável que você estude as 25 dicas de pilotagem de longa distância da Iron Butt Association.


NOTA IMPORTANTE: A menos que seu velocímetro tenha sido calibrado, NÃO dependa da leitura do odômetro da motocicleta para quilometragem oficial! A maioria das motocicletas registra pelo menos quatro por cento a mais de quilômetros do que realmente andou. Ao longo de um período de 24 horas, esse erro pode ser bastante sério.

EM TODOS OS CASOS, a quilometragem será verificada com o Microsoft Streets and Trips, Google Maps ou, em alguns casos, mapas em papel ou outras fontes, conforme necessário.


Recomendamos que você "desenhe" sua rota no Google Maps, ele funciona na maioria das partes do mundo e permite que você altere facilmente sua rota arrastando-a em estradas alternativas. Além disso, permite que você salve sua rota e a envie para nós (clique no ícone "Menu ≡" (canto superior esquerdo); clique no ícone de elo "Compartilhar ou incorporar mapa"; marque a caixa "URL curto"; copie o link resultante e cole onde desejar).

Do ponto de vista da documentação, a melhor rota é aquela em que você faz um trajeto em linha reta de um ponto a outro. No entanto, sabemos que esse tipo de rota demanda mais tempo, a não ser que seja parte de uma viagem maior. Com isso em mente, você pode escolher qualquer rota que desejar usando as seguintes diretrizes:

Se você escolher uma rota circular, precisará obter um recibo datado em cada "vértice" do seu trajeto, para mostrar que não pegou um atalho.

Se você escolher uma rota em que percorre 800 km e depois dá meia volta e volta, deve obter um recibo datado no ponto de retorno.

Desencorajamos fortemente, e em alguns casos podemos rejeitar, rotas que sejam repetitivas.

 

Nenhum pré-registro é necessário para os desafios SaddleSore ou Bun Burner. Achamos que isso diminui a pressão para completar a viagem, caso você fique cansado ou tenha outra dificuldade.

Embora os desafios em grupo tragam com eles a segurança da viagem em grupo, eles também podem aumentar o seu risco, incentivando-o a prosseguir quando, de outra forma, você pararia. Os passeios em grupo também podem encorajar o motociclista a correr ou andar de forma mais agressiva. Certifique-se de que os estilos de pilotagem de outras pessoas em seu grupo combinem com seu estilo. Ao planejar um desafio, lembre-se de que em grupo, a velocidade será a da pessoa mais lenta do grupo. Isso pode prolongar o seu dia de pilotagem por muitas horas, levando-o à fadiga.

O motociclismo por si só traz riscos e andar 1.610 km ou mais, aumenta substancialmente esses riscos. É fundamental que você compreenda isso e minimize a possibilidade de um acidente praticando hábitos seguros de motociclismo. 

Ninguém, nem mesmo o piloto de longa distância mais experiente, pode lutar contra a fadiga com segurança. Se você está cansado, a única opção é parar e descansar. Ignorar os sintomas de fadiga pode ser fatal. Os desafios SaddleSore e Bun Burner desfrutam de um recorde de segurança fantástico, mas para continuar este recorde, você precisa fazer sua parte. Se você está cansado, tendo um dia ruim ou enfrentando outros obstáculos que estão afetando suas habilidades de pilotagem, pare e descanse para que você possa desfrutar do motociclismo outro dia!


SEGUNDO PASSO: Colete e anote os recibos de COMBUSTÍVEL
ESTA ETAPA É CRÍTICA!


Sua viagem começa no local do primeiro recibo (de preferência, combustível):

* * * O HORÁRIO E LOCAL IMPRESSOS NO PRIMEIRO RECIBO SERÁ SEU “LOCAL E HORA OFICIAL” DE INÍCIO * * *

 

Sua viagem termina no local do último recibo (de preferência, combustível):

* * * O HORÁRIO E LOCAL IMPRESSOS NO ÚLTIMO RECIBO SERÁ SEU “LOCAL E HORA OFICIAL” DE FINALIZAÇÃO * * *

 

Você DEVE ter um recibo em cada CANTO/CURVA importante do seu mapa executado, para mostrar que você não pegou um atalho.

E, finalmente, não se esqueça, precisamos de TODOS os seus recibos de COMBUSTÍVEL!


DICAS DE RECIBOS:

Aqui estão bons exemplos de recibos:


Uma boa dica é se, caso o posto não tiver com o horário correto nos cupons, pagar com cartão de crédito pode ajudar. O horário das maquinas de cartão estão sempre com o horário correto.


Se você preferir preencher o "Log da viagem" depois, você pode fotografar os cupons ao lado do odômetro da moto.


Outra boa dica é visitar o posto de gasolina onde você pretende partir para ver se o cupom que eles imprimem está com a hora correta. Evita surpresas de última hora!


NOTA IMPORTANTE: A data e a hora são mais importantes para seus recibos de início e fim.
Eles são muito menos críticos nos outros gastos de viagem. Sabemos que há erros nos relógios de muitos postos de gasolina. Gaste seu tempo concentrando-se nos recibos de início e fim!


REGISTRE SEU COMBUSTÍVEL E OUTRAS PARADAS LONGAS (LOG DO DESAFIO)!

 

Seu registro de abastecimento e paradas, LOG, nos ajuda a descobrir como sua viagem progrediu. É um resumo do que aconteceu durante o desafio.

 

Os seguintes registros são obrigatórios:

Um registro (cupom) deve ser feito em cada parada. O registro inclui as seguintes informações; DATA, HORA, FUSO HORÁRIO, LOCALIZAÇÃO e leitura do ODÔMETRO. Um recibo deve acompanhar cada entrada de registro no LOG.

Para que a equipe de verificação contabilize seu tempo corretamente, um registro deve ser feito em cada parada maior que 30 minutos (uma parada para descanso em um hotel, por exemplo, durante o trajeto). Cada registro de paradas prolongadas deve incluir a duração aproximada ou os horários de início e término. Refeições que duram mais de 30 minutos são consideradas paradas para descanso - sempre que possível, tente obter um recibo do restaurante. Obviamente, muitos tipos de paradas, por exemplo, uma parada em uma área de descanso, não gerarão nenhum tipo de recibo - isso é aceitável, mas registre o tempo em seu registro/LOG.

 

 

TERCEIRO PASSO: Prepare, copie e envie sua documentação.

 

Para facilitar a verificação de seu trajeto, compartilhe conosco um link da sua viagem, do Maps.Google por exemplo, onde as paradas sejam os postos de abastecimento. Este link/mapa serve para ajudar o avaliador a verificar as rotas e tem como objetivo fornecer uma boa visão geral do seu trajeto. 

Não envie planilhas de rotas com várias páginas de programas de mapeamento ou de um moto clube; elas são muito difíceis para a equipe de verificação obter uma visão do seu trajeto.

Se você usa um sistema de rastreamento por satélite, sinta-se à vontade para incluir esse mapa também. Use um programa para leitura do trajeto, o Spotwalla por exemplo.

COPIE seus recibos e numere as cópias para corresponder ao seu registro/LOG.

COPIE seu log.

Guarde sua documentação original!!!

Se necessário, escreva um pequeno texto sobre quaisquer problemas com sua viagem, por exemplo, "O recibo de número 04, não tem a data correta. Pedi ao atendente para escrever a data correta. Está no verso do cupom com a assinatura do mesmo"

Advertimos fortemente que na estrada pode não ser possível seguir estas orientações à risca. Se isso acontecer, explique qualquer problema que você encontrou e faremos o nosso melhor para encontrar uma solução.

PREENCHA o formulário em anexo. Basicamente, são informações para onde enviar o pacote de certificação, que nome e motocicleta você deseja no certificado e a rota básica que você gostaria que a certificação registrasse.

CALCULAR a taxa. Oferecemos várias opções.

Você precisará destes formulários para concluir este processo de inscrição:

IBA-Brazil - formulários completos (pdf)